quinta-feira, 11 de junho de 2015

Aprenda 12 Receitas de Leite Vegetal




Por Dizy Ayala

Os leites vegetais são bebidas feitas a partir de grãos, sementes, cereais, que substituem os leites de origem animal. São altamente nutritivos e saudáveis e uma ótima opção para todos, veganos, atletas, crianças, adultos e para quem possui intolerância à lactose. 
Existem versões cruas (germinadas) e  cozidas, e a escolha vai de acordo com o gosto pessoal e disponibilidade. Aprenda a prepará-los:


Leite de castanha, assim como todas as outras amêndoas, basta um punhadinho, em torno de seis, em um litro de água e bater no liquidificador. Depois é só coar. A cor e textura assemelham-se muito ao leite tradicional. E o gosto, fica a seu critério, com a adição de frutas, achocolatado ou essência.

Em mercados populares, de venda à granel, os chamados Mercados Públicos, presentes em várias cidades brasileiras, há bancas especializadas com grande variedade e preços bem em conta. Um pacotinho de castanhas, custa em média R$ 8,00 e dá para 4 a 6 litros de leite.

Seu valor biológico é grande para fins alimentícios, pois contém em torno de 17% de proteína – cerca de cinco vezes o conteúdo protéico do leite bovino.

Mais opções de Leites vegetais

Leite de arroz com aveia e essência de baunilha!

* 1 xc de arroz integral demolhado (deixado de molho);
* 1 xc de flocos de aveia;
* 1 col de essência de baunilha;
* 1 xc de água quente;
* 6 xc de água "fria".

Preparo:
1. Bater no liquidificador o arroz, a aveia e a água quente;
2. Acrescentar a água fria e bater mais um pouco;
3. Coar;
4. Adicionar a essência.

Está pronto para servir!

Leite de amendoim
Leve 4 copos de água para ferver (se desejar um leite bem encorpado, adicione uma colher de aveia e deixe ferver por 3 minutos).
Bata bem no liquidificador, junto com 1 xícara cheia de amendoins torrados e sem sal. Coe.

Leite de gergelim
Coloque 1/2 xícara de gergelim cru de molho em um copo de água de 40 min a 1 hora. Descarte a água do molho, adicione 2 copos de água e bata bem no liquidificador. Coe.

Leite de aveia
Coloque uma xícara de aveia em pó e duas xícaras de água, e bata no liquidificador. Se preferir, coe. Este leite também serve para substituir creme de leite em receitas que vão ao forno, basta acrescentar uma quantidade maior de aveia para que o leite fique mais cremoso.

Leite de alpiste
Coloque cinco colheres de alpiste em um copo com água. Deixe de molho de um dia para o outro. Escoe a água e  substitua por um litro de água filtrada. Bata no liquidificador e coe.

Leite de coco
Retire a água de um coco seco, e quebre-o. Leve ao forno por alguns minutos, isso irá fazer com que a polpa se desgrude da casca mais facilmente. Retire a polpa e bata no liquidificador com 900 ml de água. Coe com um pano de algodão. Use a polpa que sobrar no pano para fazer receitas que levem coco ralado.

Leite de girassol
Coloque uma xícara de sementes de girassol sem a casca, de molho de um dia para o outro (8 horas). Lave-os com água corrente e bata-os em liquidificador com 4 copos de água filtrada. Coar é opcional.

Leite de inhame
Descasque 1 inhame  japonês pequeno e bata no liquidificador com uma xícara de água. Coe em pano de algodão.

Leite de soja
Meça uma xícara de grãos de soja.
Para dar um choque térmico e evitar sabor desagradável, deixe os grãos cozinharem em água fervente por 5 minutos, escorra e em seguida lave-os em água fria. Deixe-os de molho em recipiente de vidro ou cerâmica de 4 a 8 horas. Passado esse período, lave-os e bata-os no liquidificador em uma proporção de 5 xícaras de água filtrada para cada  xícara do grão de soja hidratado. Após bem batidos, coe-os com coador de pano.
Esprema bem para retirar todo o líquido. Em uma panela, cozinhe o leite por aproximadamente 25 min em fogo baixo, mexendo de vez em quando e tomando cuidado para que o leite não transborde da panela.
Para saborizar o leite, você pode adicionar  um pouco de baunilha, canela ou cravo. Conserve em geladeira por no máximo 3 dias.

Leite de linhaça
Para preparar 1 copo de leite, meça 2 colheres de sopa de linhaça para cada copo de leite que irá preparar (para crianças, utilize apenas 1 colher de sobremesa para cada copo).
Lave os grãos em uma peneira, cubra-os com água e deixe de molho em um recipiente de vidro ou cerâmica de 2 a 4 horas.  Após este período, bata-os bem no liquidificador com um copo de água filtrada, e coe-os em uma peneira.

Leite de quinoa
Em uma panela, adicione 4 colheres de grãos de quinoa e um litro de água. Espere até que a água ferva e então, descarte-a mantendo apenas os grãos (isso é necessário para retirar uma resina de sabor amargo presente na quinoa); em seguida adicione mais 1 litro de água filtrada e deixe cozinhar por aproximadamente 25 min. Bata-os no liquidificador; coá-los é opcional. Conserve em geladeira.




Laticínios não fazem parte de uma alimentação saudável afirma estudo da Universidade de Harvard http://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2015/06/laticinios-nao-fazem-parte-de-uma.html

Dizy Ayala


Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Formanda em Publicidade e Propaganda -  
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Páginas no facebook
Uma Escolha pela Vida
Ação pelos Direitos dos Animais  
dizyayala@gmail.com




Faça você também um consumo consciente 
com maior qualidade de vida, respeito ao meio ambiente 
e às outras espécies que o dividem conosco.
Adquira o seu exemplar de Uma Escolha pela Vida.

Informações no link



4 comentários:

  1. Tantas crianças com intolerância à lactose, caseína e outras substâncias que estão no leite e seus derivados de hoje. Tanta química prejudicial!
    Além de ser uma crendice, pois o leite da vaca foi produzido pela Natureza, por Deus, para nutrir o seu filhote, que é um bezerro!
    Basta pesquisar para ver que nos intrometemos também nessa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é possível obter toda nutrição necessária à nossa saúde de fontes vegetais, os alimentos vindos da terra. É essa inclusive, a conclusão dos recentes estudos da Universidade de Harvard e que é a recomendação das Nações Unidas como alimentação saudável e nutritiva.

      Excluir
  2. Gosto muito deste site. Tem algumas coisas que seria muito bom que fossem divulgadas neste site, que é sobre quais os vegetais que possuem a Vitamina D e a Vitamina B12. Há cogumelos que produzem vitamina D. Eu já vi em algum site em inglês dizendo que a alga SPIRULINA contém Vitamina B12. Para quem sabe inglês, é conveniente pesquisar no Google Acadêmico, cujo endereço é https://scholar.google.com.br/, e no site http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/. Eu venho pesquisando há alguns dias (hoje é 04.03.2016), e é muito trabalhoso encontrar alguma coisa que definitivamente diga se existe ou não alguma alternativa VEGANA para a obtenção da VITAMINA B12. Sempre existem aqueles que insistem em afirmar que para obter Vitamina B12 só ingerindo produtos de origem animal, como leite e ovos, ou então tomando algum suplemento. Eu não quero fazer propaganda de nenhuma empresa. Mas me sinto no dever de sugerir que talvez no site biovea.com.br existam suplementos totalmente veganos, tanto de Vitamina D quanto de Vitamina B12. Também para quem sabe inglês, existe o excelente site greenmedinfo.com, que tem artigos totalmente embasados cientificamente, sobre os poderes medicinais de uma quantidade imensa de produtos vegetais, incluindo vegetais com grande poder de combater o câncer, vírus, bactérias, fungos, e muitas outras coisas.

    ResponderExcluir